Três detidos por furto de 70 quilos de castanhas em Bragança

Um homem e duas mulheres foram detidos em flagrante delito por furto de castanhas num souto na zona de Bragança, informou hoje a GNR.

Os três detidos, com idades de 72 anos e 46 anos, já tinham apanhado 70 quilos de castanhas, que foram recuperados pelas autoridades, na segunda-feira.

O flagrante delito ocorreu, segundo a GNR, na sequência de “uma denúncia de que estariam três indivíduos a proceder à apanha de castanha sem o consentimento do proprietário", num souto, no concelho de Bragança.

Os militares da GNR deslocaram-se ao local, onde detiveram os três suspeitos e recuperaram os “70 quilos de castanhas” que já tinham apanhado.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Bragança.

A GNR dá conta, em comunicado, de que “tem desenvolvido um conjunto de ações com o objetivo de intensificar o patrulhamento e fiscalização das áreas agrícolas e florestais, no sentido de reprimir a prática de crimes de furto”.

O setor da castanha é onde se registam mais furtos em Trás-os-Montes, a maior produtora nacional deste fruto seco, conhecido como o “petróleo transmontano” pelo valor económico, que movimenta cerca de 100 milhões de euros anualmente na região.

A campanha deste ano está atrasada devido à seca, que é também apontada pelos produtores e organizações do setor como a principal responsável por uma quebra acentuada na produção, a rondar os “80%” nalgumas zonas, segundo dados avançados recentemente pela Câmara de Bragança.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.