Homem de 63 anos detido por violência doméstica em Bragança proibido de contactar a vítima

Um homem de 63 anos foi detido, em Bragança, pelo alegado crime de violência doméstica, tendo ficado impedido pelo tribunal de contactar a vítima.

A detenção foi feita por militares do distrito da Guarda, o local de origem do processo, e o suspeito foi presente a tribunal que, enquanto decorre o processo judicial, lhe aplicou a medida de coação de afastamento da vítima, para além de ficar sujeito a controlo por pulseira eletrónica.

A GNR da Guarda refere, em comunicado, que no decorrer da investigação do caso foi apurado que “o suspeito infligiu maus-tratos psicológicos contra a vítima, a sua companheira, de 59 anos”.

Na sequência da mesma investigação, foi realizada uma busca domiciliária que resultou na apreensão de uma caçadeira e uma arma de alarme ao sexagenário.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.