Apreendidas seis armas de fogo e centenas de munições por violência doméstica em Bragança

Na passada quarta-feira, dia 28 de outubro, o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) apreendeu seis armas de fogo e 445 munições por violência doméstica, no concelho de Bragança.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, um homem de 78 anos, exercia violência física, psicológica e financeira sobre a vítima, sua esposa, de 74 anos”, revela o Comando Territorial de Bragança, em comunicado enviado à redação.

Na sequência das diligências policiais foi realizada uma busca domiciliária e uma busca não domiciliaria em veículo, que culminou na apreensão, como medida cautelar, de cinco caçadeiras, uma pistola e 445 munições.

Os factos foram, entretanto, remetidos ao Tribunal Judicial de Bragança.

A GNR sublinha que a “violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva”, acrescentando que, caso precise “de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe”.

Deve efetuar a participação através do Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt; via telefónica, através do número de telefone 112; no Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os nossos contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx; na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx; ou na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.