PR congratula-se com distinção das "carismáticas figuras coloridas" de Podence

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, congratulou-se esta quinta-feira com a distinção atribuída às "carismáticas figuras coloridas" do Carnaval de Podence, da região de Trás-os-Montes, classificado como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

"Felicito a aldeia de Podence e o município de Macedo de Cavaleiros pela decisão da UNESCO de incluir o Carnaval de Podence na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade", escreve o Presidente da República numa mensagem publicada no sítio 'online' da Presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa recorda que, "depois do Fado, do Cante Alentejano, dos Bonecos de Estremoz, do Barro Negro de Bisalhães e do Fabrico de Chocalhos alentejanos, a tradição popular portuguesa recebe mais esta distinção, dando uma renovada projeção a estas carismáticas figuras coloridas, mascaradas e animadas do nordeste transmontano, uma das nossas tradições visualmente mais inesperadas, e das mais acarinhadas pelas populações, o que também justifica que o comité se tenha referido a esta candidatura como 'exemplar'", sublinha.

As felicitações "estendem-se, pois, à equipa técnica e científica que apresentou o projeto, à Associação dos Caretos de Podence e ao Embaixador de Portugal junto da UNESCO, professor doutor António Sampaio da Nóvoa, que conseguiram, mais uma vez, que o património português se mostrasse ao mundo na sua diversidade, fidelidade e empenho".

Os Caretos de Podence foram esta quinta-feira, dia 12 de dezembro, declarados Património Cultural Imaterial da Humanidade pela organização das Nações Unidas, para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

A decisão foi anunciada na Assembleia Geral da Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorre até hoje, sábado, em Bogotá, na Colômbia.

Os tradicionais mascarados do Entrudo Chocalheiro da aldeia do concelho transmontano de Macedo de Cavaleiros passam a estar integrados numa lista mundial onde Portugal já tem o Fado, o Cante Alentejano, a Dieta Mediterrânica, a Falcoaria e os chamados “Bonecos de Estremoz”.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.