PUB.

Portugal e Espanha preparam ações conjuntas de promoção da região Douro/Duero

A Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte (TPNP) reuniu-se com responsáveis pelo turismo da região espanhola de Castela e Leão no Palácio da Bolsa. Este encontro, que aconteceu a semana passada no Porto, teve como premissa a preparação de ações conjuntas de promoção do destino Douro/Duero a curto, médio e longo prazo.

Nesta reunião, enquanto que, do lado português, marcaram presença os presidentes da TPNP, Luís Pedro Martins, e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), Fernando Freire de Sousa, do lado de lá da fronteira, a diretora-geral do Turismo de Castela e Leão, Estrela Torrecilla, e o conselheiro da Cultura e Turismo, Javier Ortega, assumiam a representação espanhola.

As ações conjuntas de promoção internacional do destino Douro/Duero visam dar a conhecer o rio com mais vinhos premiados no mundo, num território que abrange vários Patrimónios Mundiais da UNESCO”, referem os responsáveis.

Sobre a mesa, entre os projetos a curto prazo, destaque para a elaboração de um mapa dos recursos turísticos dos territórios ibéricos transfronteiriços em torno do vinho, da gastronomia, do património mundial e do património mais representativo de ambos os países.

Os responsáveis do Porto e Norte e de Castela e Leão pretendem trabalhar, também, num calendário de eventos transfronteiriços de interesse turístico dirigidos ao público final, bem como no estabelecimento de um calendário de promoção nacional e internacional do destino Douro/Duero que fomente o contacto e os negócios entre empresários de ambas as regiões.

A elaboração de uma carta de vinhos do Douro/Duero e a promoção conjunta da Rota dos Vinhos da Europa, um percurso transeuropeu que liga Vila Nova de Gaia a Estrasburgo, na região francesa da Alsácia), também, conhecido como GR14, são outros dos projetos para concretizar a curto prazo.

A médio prazo, os responsáveis do Turismo do Porto e Norte de Portugal e de Castela e Leão pretendem elaborar um inventário dos recursos turísticos do Douro/Duero, criando uma marca turística conjunta que represente o território, bem como a estruturação do seu produto turístico. Comprometem-se, ainda, a trabalhar no sentido de organizar um evento que, tendo o vinho como fio condutor, estabeleça a comunhão e ponha em contacto a cultura, a gastronomia e o património do território Douro/Duero.

Outra das propostas dos representantes das regiões de Portugal e Espanha passa por estabelecer uma “rota enoturística de caráter e relevância internacional, em conformidade com os recursos enológicos, culturais, patrimoniais, paisagísticos e gastronómicos”. Esta Rota do Enoturismo irá, de acordo com os próprios, “complementar as já existentes neste trajeto, que ligam os dois países”.

Por fim, será debatida a ligação ferroviária internacional entre o Porto e Salamanca, no seguimento da Petição sobre a Linha do Douro, entregue há 15 dias na Assembleia da República e que contou com mais de 13500 assinaturas.

 

FOTOGRAFIA: José Sousa

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.