Vinhais instala desfibrilhadores automáticos em seis equipamentos públicos

Vários equipamentos públicos de Vinhais estão agora equipados com desfibrilhadores automáticos, resultado de um investimento de 15 mil euros, divulgou a Câmara Municipal.

O município transmontano decidiu implementar localmente o Programa de Desfibrilhação Automática Externa, licenciado pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que permitiu a aquisição de seis desfibrilhadores e a formação de 40 colaboradores.

Segundo informou em comunicado, os desfibrilhadores automáticos foram instalados no edifício da Câmara Municipal de Vinhais e armazém, estádio municipal, complexo desportivo das piscinas cobertas, centro cultural e parque biológico.

De salientar que em cada uma destas instalações existe, pelo menos, um técnico dotado de formação em Suporte Básico de Vida – DAE, acreditado pelo INEM”, refere a autarquia.

Com a implementação deste programa, Vinhais pretende “criar condições que reforcem a cadeia de sobrevivência, reconhecendo a importância da utilização destes equipamentos no aumento significativo da probabilidade de sobrevivência das vítimas de fibrilhação ventricular, maior proximidade e rapidez na resposta às vítimas de uma paragem cardiorrespiratória”.

O município lembra que “a primeira causa de morte no mundo Ocidental é a doença cardiovascular”, que “40% das vítimas morrem antes de chegarem ao hospital” e que na Europa este problema mata anualmente 700 mil adultos.

Por este motivo, é necessário ter, nos espaços públicos, de lazer e desportivos, elementos devidamente formados/treinados que, em caso de paragem cardiorrespiratória, saibam iniciar Suporte Básico de Vida, providenciar Desfibrilhação Automática Externa (DAE) em poucos minutos, e ativar o 112”, salienta.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.