Pandemia obriga à reinvenção da Festa da Cereja de Alfândega da Fé

Este ano, a tradicional Festa da Cereja de Alfândega da Fé irá realizar-se num formato “diferente” daquele a que já acostumou o público.

Assim sendo e um pouco à semelhança do que aconteceu em 2020 com o “Mercadinho da Cereja e dos Produtos Locais”, o município decidiu “reinventar o evento para contornar os efeitos da pandemia na economia local, alargando o espaço, o âmbito e as atividades, apresentando-se numa configuração nova e criativa”.

Com uma nova designação, o Mercadinho Cereja&Co. (companhia) incluirá uma plataforma de vendas online e um conjunto de atividades ao ar livre com o intuito de dar continuidade à política do executivo liderado por Eduardo Tavares e que consiste, de forma sucinta, segundo o próprio, na “promoção e valorização do território e dos seus produtos endógenos”.

O Jardim Municipal será, então, o palco deste evento que tem início marcado para o dia 8 de maio, prolongando-se até ao fim de semana que seria reservado à Festa da Cereja, ou seja, a 11, 12 e 13 de junho. Em suma, serão seis os fins de semana consecutivos e feriados, em que Alfândega da Fé dedicar-se-á a apresentar uma mostra dos produtos locais com óbvio destaque para a já célebre cereja da região.

AF

De salientar que, paralelamente, será lançada uma plataforma onde serão realizadas as vendas online dos produtos locais e onde será feita, também, referência à gastronomia, alojamento e eventos, entre outros temas. Assim, a autarquia descreve a “Plataforma Cereja&Co” como “um espaço digital para venda online dos produtos locais, mas que se dedica também à promoção do território”.

O município encontra-se, ainda, a preparar um programa alternativo que assinale a Festa da Cereja e que, a princípio, incluirá fins de semana gastronómicos, um encontro de paddle nos Lagos do Sabor, provas de BTT, percursos pedestres, animação virtual e a Meia Maratona da Cereja. Contudo, o executivo avisa que estas iniciativas só terão lugar caso a situação epidemiológica nessas datas assim o permita.

Em tempos de pandemia, é necessário reinventar as tradições para continuar a dinamizar a economia local, a impulsionar o escoamento de produtos da terra e a promover este território cheio de potencialidades”, refere o município alfandeguense que, aproveita, desde já, para convidar todos os interessados a visitarem o Mercadinho Cereja&Co a partir de 8 de maio ou, então, a fazerem as compras online, “em total segurança”, através do site www.cereja.co.pt.

cartaz

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.