Jorge Gomes concorre pela terceira vez à Câmara de Bragança pelo Partido Socialista

O deputado do PS e antigo secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, apresenta-se hoje como candidato do partido à Câmara de Bragança, naquela que é a terceira tentativa de conquistar a autarquia ao PSD.

Jorge Gomes foi candidato nas Autárquicas de 2009 e 2011 contra o anterior autarca social-democrata Jorge Nunes e volta a entrar na corrida autárquica em que tem como adversário pelo PSD o atual presidente da Câmara, Hernâni Dias.

Apresento-me a estas eleições para ganhar”, afirmou no discurso junto ao castelo de Bragança, onde apresentou publicamente a candidatura apoiado pela secretária nacional do PS das autarquias, Maria Luz Rosinha.

Jorge Gomes diz que é preciso acabar com o que descreveu como “a inércia nos últimos oito anos” que resumiu “num lavar de face” e “numa cremalheira”, referindo-se às intervenções na Avenida Sá Carneiro e a uma estrutura metálica vermelha instalada num viaduto desta artéria.

Com este dinheiro, o candidato socialista defende que teria sido possível resolver a falta de saneamento básico e de água que persistem nas aldeias do concelho e prometeu que irá “trabalhar o mundo rural a pensar nas pessoas que lá vivem, sobretudo os idosos”.

Outra prioridade que apontou é “a acabar com os 2.500 analfabetos que o concelho tem”.

Para o candidato do PS, as opções do atual presidente social-democrata “não são as pessoas, são os caprichos dele, ele está a governar para o ego dele”.

JG

Jorge Gomes assumiu também como uma luta desta candidatura o regresso da ferrovia a Bragança, desativada em toda a região no início da década de 1990.

Não descansarei enquanto Bragança não for contemplada no plano nacional ferroviário”, afirmou, acrescentando que insistirá tal como fez com a inclusão no Plano de Recuperação e Resiliência da ligação rodoviária transfronteiriça entre Bragança e Puebla de Sanábria.

Jorge Gomes tem 69 anos, é empresário e é atualmente o único deputado do PS, na Assembleia da República, eleito pelo círculo de Bragança, assim como presidente da federação distrital de Bragança do partido.

Fez parte do primeiro Governo de António Costa e foi o último governador civil do distrito de Bragança, imediatamente antes de este cargo político ter sido extinto em Portugal.

O concelho de Bragança tem inscrito 35.722 eleitores que podem votar nas Autárquicas de 26 de setembro.

Há quatro anos, o PSD conseguiu 57% dos votos e a eleição do presidente e quatro vereadores e o PS ficou com os outros dois vereadores e 27% da votação.

O atual presidente social-democrata, Hernâni Dias, candidata-se a um terceiro mandato e tem como concorrentes, além de Jorge Gomes do PS, António Morais da CDU e Carlos Silvestre pelo Chega.

PS

A secretária nacional do PS das autarquias, Maria Luz Rosinha, veio a Bragança apoiar a candidatura do seu "amigo" Jorge Gomes

 

GALERIA FOTOGRÁFICA: BMF

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.