Covid-19: Município de Bragança apoia 600 empresas do concelho com mais de 860 mil euros

Criado pela autarquia brigantina no âmbito da pandemia, o Fundo Municipal de Emergência de Apoio Empresarial beneficiou 600 micro e pequenas empresas com sede fiscal no concelho, abrangendo 771 postos de trabalho com atribuição, a fundo perdido, de 863.884 euros.

No total, foram lançados três avisos ao setor empresarial para que os interessados soubessem que havia um apoio do município ao qual as empresas, cujos negócios foram afetados pela pandemia, se podiam candidatar. O primeiro, aconteceu em maio do ano transato. O segundo teve lugar em novembro e o terceiro e último decorreu já em 2021, mais precisamente a 8 de março.

Das 1.030 candidaturas recebidas e analisadas, 938 foram aprovadas, enquanto 92 foram excluídas, por não cumprirem um ou mais critérios de elegibilidade. De realçar que o prazo médio de pagamento do município foi de 11 dias, desde a submissão da candidatura até ao recebimento do apoio financeiro.

Só no terceiro aviso, foram recebidas 403 candidaturas e apoiadas 376 empresas com um montante global de 389.900 euros. 

O Fundo Municipal de Emergência de Apoio Empresarial permitiu apoiar o setor do comércio a retalho com 183.436 euros, taxistas com 20.500 euros, unidades de alojamento com 43.964 euros, restauração e similares com 359.728 euros e empresas prestadoras de serviços diversos com 256.252 euros.

fundo

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.