Carrazeda de Ansiães investe 1,5 milhões de euros no reforço da oferta turística

A Câmara de Carrazeda de Ansiães tem em curso investimentos de 1,5 milhões de euros na reabilitação de património e reforço da oferta turística deste concelho ribeirinho dos rios Douro e Tua.

O investimento destina-se a 11 projetos para “reforçar as estruturas e serviços de apoio ao turismo, com espaços para receção de visitantes, trilhos pedestres e BTT, e ampliação e reabilitação de equipamentos", como divulgou hoje a autarquia em comunicado.

Os projetos fazem parte do plano municipal de investimentos para este ano e assentam numa “aposta forte na área do turismo que visa criar condições para que os ativos existentes sejam aproveitados e explorados gerando emprego e mais-valias económicas para o território”.

Um dos projetos destina-se à ampliação do Museu de Memória Rural, um espaço cultural situado na aldeia de Vilarinho da Castanheira que recria e preserva atividades tradicionais e que vai ter um núcleo museológico na aldeia de Seixo de Ansiães dedicado ao ofício do ferreiro e do ferrador.

Neste núcleo “vão ser expostos objetos que aliados a conteúdos multimédia vão evocar essas duas ocupações permitindo ao visitante uma fácil interpretação e visualização dos materiais expostos”, como explica a autarquia liderada por João Gonçalves.

Outro projeto tem como propósito criar condições para a fruição das termas de São Lourenço com a reabilitação do antigo balneário, “dotando-o de condições de higiene e de usufruto e incorporando elementos que permitam a sua contextualização histórica e preservação da componente imaterial das suas memórias”.

carr

O turismo natureza é outra aposta local com a criação de cinco trilhos pedestres nas aldeias de Linhares, Ribalonga, Vilarinho da Castanheira e Pinhal do Douro para dar continuidade ao investimento já feito nas aldeias do Castanheiro do Norte do Pombal, e que vão permitir ao visitante usufruir das paisagens do Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial.

Durante este ano, o município prevê ainda desenvolver ações que decorrem da aprovação de três candidaturas intermunicipais, uma delas para a construção, em Carrazeda de Ansiães, de um centro de acolhimento ao visitante direcionado para o enoturismo.

O centro “Wine Tourism Welcome” está vocacionado para a divulgação e venda de vinho dos produtores locais e contempla a criação de uma nova rota intermunicipal de enoturismo.

O projeto será concretizado com a construção de um posto físico de informação, divulgação, degustação e venda, estando ainda incluída nesta rota a oportunidade de visitação dos espaços de produção, segundo a autarquia.

O concelho de Carrazeda de Ansiães vai investir também em equipamentos para a rota intermunicipal de 275 quilómetros que integra a “Grande Travessia BTT do Douro Internacional e Vinhateiro”, com um circuito repartido por seis etapas, com balneários, sanitários e estações de serviço para lavagem de bicicletas.

Ainda na área da exploração dos recursos locais foi criada a “Rota do Saber Fazer” que oferece condições para a produção artesanal, criando uma ligação entre os operadores turísticos e os artesãos.

A autarquia transmontana tem também previstas ações de valorização paisagística e ambiental nos Santuários da Senhora da Saúde, no Mogo de Malta e da Senhora da Costa, em Seixo de Ansiães, assim como o arranjo paisagístico da área envolvente à Anta de Zedes.

O plano de atividades municipais contempla ainda uma verba de cerca de 200 mil euros para a recuperação do património religioso e criação de um circuito de visitação através da constituição de duas rotas artísticas, a do Românico e do Barroco, que vão tornar possível ao turista ter acesso a conteúdos temáticos disponibilizadas em suporte digital através de uma ‘app’ para telemóvel.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.