Assinalado Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância em Bragança

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Bragança assinala, em abril, o Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância.

Numa época em que os maus tratos às crianças se agravaram e com o objetivo de sensibilizar a comunidade para este problema que continua a afetar a sociedade, diversas instituições associaram-se à CPCJ de Bragança, no sentido de desenvolverem diversas iniciativas”, refere o a autarquia brigantina, parceira da CPCJ com diversas outras entidades do concelho no conjunto de iniciativas levado a cabo no mês de abril.

Das várias ações levadas a cabo, destaque para a exibição de um Laço Azul, símbolo do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, nos edifícios das entidades parceiras, oferta aos alunos dos 4º e 5º anos do Ciclo de Ensino Básico dos Agrupamentos de Escolas de Bragança de um laço azul para colocarem na lapela, de material informativo sobre o trabalho desenvolvido pela CPCJ e sobre a origem da história do Laço Azul, divulgação em uma rádio local da mensagem “Educa-me com amor e serei uma criança feliz” narrada por uma criança, iluminação de azul do Castelo de Bragança entre os dias 12 e 18 de abril e divulgação de um vídeo de sensibilização nos canais digitais do município.

 

O simbolismo do Laço Azul

Uma avó dos Estados Unidos da América, fragilizada pelos maus tratos de que os seus netos eram vítimas, colocou um laço azul, na antena do seu carro, como forma de recordar as nódoas negras (azuladas) que os corpos das crianças evidenciavam.

O ato intrigou a comunidade, dando origem ao Movimento da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, que passou a ser simbolizado pelo “Laço Azul”.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.