PUB.

Projeto ibérico quer aproximar investigação académica das empresas

Um conjunto de 12 universidades portuguesas e espanholas juntaram-se num projeto ibérico para reforçar a colaboração com o setor empresarial e fazer chegar às empresas os avanços da investigação académica.

Os parceiros do projeto juntaram-se, em Bragança, no segundo Fórum Transfronteiriço de Tecnologias Universitárias onde foram dados a conhecer 22 projetos de investigação desenvolvidos nas nove universidades espanholas de Castela e Leão e três do Norte de Portugal, concretamente no Politécnico de Bragança e nas universidades do Minho e de Trás-os-Montes.

A fundação espanhola que junta as nove universidades de Castela e Leão é a promotora do projeto transfronteiriço “Espaço T3 – Transferência Tecnológica Transfronteiriça”, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no âmbito do programa Interreg.

O projeto, com a duração de dois anos, “tenta favorecer a colaboração entre as universidades e as empresas, aproximar os dois mundos”, como indicou Jesus de Andrés, da fundação espanhola.

O que se pretende é encontrar projetos que sejam aproveitáveis, de interesse para as empresas. A universidade investiga bem, mas o que investiga fica na universidade. O que queremos é que saia da universidade e se conheça mais”, sustentou.

Os fóruns como o de Bragança servem para os parceiros conhecerem o que cada um está a fazer e articularem-se.

O financiamento comunitário a este projeto depende, como explicou o responsável espanhol, das colaborações que vierem a ser alcançadas entre o mundo empresarial e a investigação académica.

Esta parceria ibérica entre universidades “procura definir melhores metodologias para apresentar às empresas os projetos de investigação com grande potencial de transferibilidade”, refere Orlando Rodrigues, presidente do politécnico de Bragança, o anfitrião do segundo fórum.

Os parceiros já selecionaram quatro projetos na área agroalimentar que estão a ser apresentados às empresas.

O intuito do “Espaço T3 – Transferência Tecnológica Transfronteiriça” é estabelecer um espaço transfronteiriço de colaboração estável ensino superior/empresa como base para criar emprego de qualidade e potenciar o crescimento sustentável das duas regiões.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.