Processo de violência doméstica origina apreensão de arma ilegal em Vila Flor

Ontem, dia 1 de dezembro, o Posto Territorial de Vila Flor deteve um homem de 76 anos por posse ilegal de arma em Vila Flor.

Na sequência de uma denúncia por violência doméstica, os militares deslocaram-se ao local onde a companheira do detido, uma mulher de 65 anos, terá sido injuriada e sofrido agressões psicológicas”, revela o Comando Territorial de Bragança, em comunicado.

Durante as diligências policiais, a GNR apurou que o suspeito possuía uma espingarda de caça de calibre 12 mm, sem registo de licença de uso e porte de arma ou outra qualquer licença que lhe permitisse ter armas de fogo.

A GNR apreendeu, ainda, 75 munições.

O suspeito foi, entretanto, constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Flor.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.