PUB.

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza assinalado em Bragança com exposição e recolha de bens

Celebrou-se no passado domingo, dia 17 de outubro, o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.

Com o intuito de assinalar a efeméride, a Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal, em parceria com o Projeto CLDS (Contrato Local de Desenvolvimento Social) 4G de Bragança, levou a cabo a realização de uma exposição de guarda-chuvas contendo mensagens escritas sobre a temática da pobreza e da exclusão social.

Patente até 24 de outubro na Capital de Distrito, mais precisamente na Praça Cavaleiro de Ferreira, a mostra artística intitulada “Pobreza! A maior das violências…” conta com 19 trabalhos elaborados por 16 instituições locais públicas e privadas do concelho de Bragança.

Com a crise pandémica, muitas pessoas/famílias foram arrastadas para a situação de pobreza e as que já vivenciavam a situação viram a sua vida ainda mais dificultada”, consubstancia a Coordenadora do Projeto CLDS 4G Bragança, Maria Loureiro, cuja visão, na linha da frente da guerra contra a pobreza, lhe permite fundamentar o quão “fundamental” tem sido “o papel das instituições e equipas no terreno”.

Já no dia 22, serão feitas visitas guiadas à exposição, enquanto, simultaneamente, decorrerá uma recolha de bens, também na Praça Cavaleiro Ferreira, que visa apoiar seres humanos em situação de risco ou vulnerabilidade. Os interessados em ajudar poderão fazê-lo através da doação de roupa de rapaz/homem, bem como cobertores ou loiça. São necessários, inclusive, produtos de higiene feminina.

De referir, ainda, que, para além das duas entidades promotoras, o Projeto CLDS 4G de Bragança e EAPN Portugal, esta iniciativa conta com o apoio e o envolvimento da autarquia brigantina, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Bragança, da União das Freguesias da Sé, Santa Maria e Meixedo, da APADI – Associação de Pais e Amigos do Diminuído Intelectual, da Associação Reaprender a Viver, da ASCUDT – Associação Sócio-Cultural dos Deficientes de Trás-os-Montes, da ASMAB – Associação de Socorros Mútuos dos Artistas de Bragança, da Cáritas Diocesana de Bragança-Miranda, do Centro Social Paroquial de Santo Condestável, do Centro Social Paroquial dos Santos Mártires, do Centro Social Santa Catarina, do Centro Social S. Pedro de Serracenos, da Cruz Vermelha Portuguesa – delegação de Bragança; da Ensibriga – Escola Profissional; da Flor de Sortes – Residência Sénior, da Fundação Betânia, da Obra Kolping da Diocese de Bragança-Miranda, do Palácio da Sabedoria e por último, mas não menos importante, da Santa Casa da Misericórdia de Bragança;

 

MAIS INFO:

A EAPN Portugal representa a European Anti Poverty Network (EAPN), desde a sua fundação, em 1990. A EAPN é uma associação sem fins lucrativos (ASBL), sediada em Bruxelas, estando representada em cada um dos Estado - Membro da U.E. por Redes Nacionais.

A EAPN Portugal é uma entidade sem fins lucrativos, reconhecida como Associação de Solidariedade Social, de âmbito nacional, fundada a 17 de dezembro de 1991. Em 1995, é reconhecida, pelo Instituto de Cooperação Portuguesa, como Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD).

 

POVERTY

Lutamos contra a pobreza e a exclusão social há 30 anos...”, pode ler-se na página do Facebook da EAPN Portugal , em:

https://www.facebook.com/EAPNPortugal/

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.