PUB.

Detidos quatro suspeitos da autoria de vários crimes de furto no início do ano no concelho de Bragança

Anteontem, dia 8 de maio, o Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Bragança deteve quatro pessoas suspeitas da prática de diversos furtos, no concelho da capital de distrito.

Um dos detidos foi constituído arguido, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência. Já no dia de ontem, 9 de maio, os suspeitos foram presentes a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Bragança, tendo-lhes sido aplicada uma das medidas de coação menos gravosas, a obrigatoriedade de se apresentarem, semanalmente, na Esquadra da PSP de Bragança.

GNR

Em declarações à Kapital do NordestE, ontem à tarde, o Capitão Rui Bento, do Comando Territorial de Bragança, revela que as detenções ocorreram “no âmbito de uma investigação, que decorria há cerca de dois meses, por crimes de furto, no início do ano, em estabelecimentos e residências em várias localidades do concelho de Bragança”, acrescentando que a operação "colmatou com o cumprimento de três mandados de detenção e quatro mandados de busca, duas das quais domiciliárias e duas não domiciliárias” em armazém e em veículo.

Ao grupo, constituído por três homens e uma mulher com idades compreendidas entre os 17 e os 56 anos, foram-lhe, então, apreendidos “53 artigos alimentares, 38 garrafas de bebidas alcoólicas e refrigerantes, 2,3 gramas de haxixe, uma balança de precisão, um passa-montanhas, um canivete, uma caçadeira, 25 cartuchos zagalote e três telemóveis”, contabiliza o Capitão Rui Bento, que aproveita para sublinhar que esta operação “contou com a colaboração das várias valências do Comando Territorial de Bragança, bem como da Polícia de Segurança Pública”.

 

ENTREVISTA AO CAPITÃO RUI BENTO

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.