PUB.

Detidos mais dois jovens de alegada rede de tráfico de droga

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mirandela deteve dois homens, de 23 e 24 anos, “pertencentes a uma organização criminosa que se dedicava ao cultivo do produto estupefaciente, seu embalamento e venda aos revendedores”.

As duas detenções tiveram lugar no concelho de Gondomar esta quarta-feira, dia 8 de julho, e vêm somar-se a outras três que ocorreram no distrito de Bragança e que resultaram em prisão preventiva para todos os envolvidos.

Centrada em Mirandela, a investigação do Comando Territorial de Bragança, que teve início em abril de 2019, originou dois mandados de busca domiciliária e dois de busca em veículos, em Gondomar, tendo sido apreendidas 1600 doses de cannabis, 144 doses de haxixe, 38 plantas de cannabis, quatro estufas para produção de cannabis, diverso material para secagem e acondicionamento de produto estupefaciente, três computadores, três telemóveis, duas balanças de precisão e 970 euros.

No entanto, já em janeiro de 2020, tinha sido detido um dos indivíduos que, alegadamente, se dedicava à venda de droga nos concelhos de Vila Flor e Carrazeda de Ansiães e, em fevereiro deste ano, foi detido um casal, que pertencerá à mesma rede e que, segundo a GNR, se dedicava à venda do produto estupefaciente no concelho de Mirandela.

Resta dizer que a operação contou com o reforço da Investigação Criminal (IC) do Comando Territorial de Bragança, militares do Comando Territorial do Porto e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.