Detido por posse de 28 armas de fogo proibidas em Vila Flor

O Comando Territorial de Bragança da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação Criminal de Mirandela, deteve ontem, dia 16 de julho, um homem no concelho de Vila Flor por posse de armas proibidas e suspeita da prática de crimes contra a preservação da fauna e espécies cinegéticas.

Na sequência de uma investigação por meios ilegais de caça, foi identificado um suspeito de 41 anos, tendo-se apurado mais tarde que tinha um vasto arsenal de armas e material relacionado com a prática de caça ilegal para caça maior, utilizando, inclusive, câmaras para localizar as presas, sendo, dessa forma, mais fácil segui-las e caçá-las.

Resultante das diligências complementares de investigação, o indivíduo foi detido e foram realizadas seis buscas, uma domiciliária, uma a automóvel e quatro a armazéns agrícolas.

Dessas ações levadas a cabo pelos militares da GNR, resultou a apreensão de sete armas de fogo de diversos calibres, 21 armas de fogo dissimuladas adaptadas para munições de calibre 12, 745 munições de diversos calibres e diverso material relacionado com a prática de caça ilegal.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Flor.

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.