Covid-19: Surto em lar de Miranda do Douro com 76 casos ativos

Um surto de infeções com o novo coronavírus atingiu 60 dos 74 utentes e 16 dos 42 funcionários do Lar de Misericórdia de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, disse hoje à Lusa a provedora da instituição.

"Foram testadas 130 pessoas entre os utentes e funcionários. Deste total, 60 são utentes a que se juntam mais 16 funcionários. Trata-se um surto relativamente grave, embora os utentes não apresentem sintomas, até data", afirmou Jacinta Fernandes.

Segundo a provedora, todos espaços do Lar foram já sujeitos a um processo de desinfeção levado a cabo por uma empresa especializada, e foi de imediato acionado o Plano de Contingência da instituição.

Todos os utentes e funcionários serão testados novamente no início da próxima semana, disse.

Portugal contabiliza pelo menos 6.830 mortos associados à covid-19 em 406.051 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

O Governo decidiu manter as medidas previstas para o Natal, mas agravou as do período do Ano Novo, com recolher obrigatório a partir das 23:00 de 31 de dezembro, e a partir das 13:00 nos dias 01, 02 e 03 de janeiro.

É também proibido circular entre concelhos entre as 00:00 de 31 de dezembro e as 05:00 de 04 de janeiro.

O funcionamento dos restaurantes em todo o território continental é permitido até às 22:30 no último dia do ano, e até às 13:00 nos dias 01, 02 e 03 de janeiro.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.