PUB.

Covid-19: Feiras reabrem a 28 de maio nas Terras de Trás-os-Montes

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes anunciou que as feiras semanais e quinzenais podem reabrir a partir de 28 de maio nos nove concelhos do território que abrange.

A decisão foi tomada pelo Conselho Intermunicipal, na segunda-feira, numa reunião extraordinária em que deliberou “por unanimidade aprovar a reabertura total destes espaços a partir de 28 de maio”, dentro de pouco mais que uma semana.

Este espaços de negócio estão proibidos desde março, devido à pandemia Covid-19, no território as Terras de Trás-os-Montes, que abrange os concelhos de Bragança, Mirandela, Vila Flor, Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Vinhais, Vimioso, Mogadouro e Miranda do Douro.

Os nove municípios decidiram agora que estão reunidas as condições para retomar esta atividade, depois da “avaliação efetuada à primeira fase de abertura das feiras que limitou o início da atividade à venda de produtos locais”, como divulgou, em comunicado.

A forma como se processou o recomeço desta atividade económica, com vendedores e público a demonstrarem capacidade de adaptação e cumprimento das normas impostas pela nova realidade trazida pela pandemia da covid-19, levou os presidentes de câmara das Terras de Trás-os-Montes a decidirem pela reabertura das feiras a todos os vendedores”, sustentou.

A CIM acrescenta ainda que “a adoção desta medida está também relacionada com a evolução favorável da situação epidemiológica na região e vai também ao encontro da resolução do Conselho de Ministros de 17 de maio, que prevê a abertura de feiras e mercados”.

Alerta, todavia, que “esta reabertura implicará um período de adaptação e estabelecimento de medidas necessárias para o reinício em segurança desta atividade comercial, nomeadamente a elaboração de planos de contingência a articular com as entidades competentes”.

Sendo assim, as nove câmaras das Terras de Trás-os-Montes entendem que a partir do dia 28 de maio estarão reunidas todas as condições para um regresso das feiras semanais e quinzenais, sendo certo que a retoma da atividade estará envolvida em apertadas medidas de segurança e deverá respeitar todas as indicações emanadas da Direção-Geral da Saúde”, ressalva.

A reabertura das feiras nos nove concelhos da CIM das Terras de Trás-os-Montes “é entendida como uma forma de apoiar o relançamento da atividade económica no território, acompanhando a reabertura de outros espaços comerciais”.

A Comunidade Intermunicipal recorda que as feiras foram suspensas a 11 de março, altura em que o Conselho Intermunicipal, numa atitude preventiva e proativa, deliberou pelo cancelamento desta atividade económica.

No dia 4 de maio, este mesmo órgão aprovou a abertura dos mercados de produtos locais que se realizam no âmbito das feiras, e, passados cerca de dois meses e meio, estes espaços voltam  agora a abrir na totalidade nos nove concelhos das Terras de Trás-os-Montes.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.