Campanha solidária “Natal na Prisão” visa recolher meias e sabonetes para os 500 reclusos das cadeias de Bragança e Izeda

O Serviço Diocesano da Pastoral Penitenciária em colaboração com a Cáritas Diocesana de Bragança-Miranda relança a campanha “Natal na Prisão”.

A ação, que termina a 8 de dezembro, consiste na recolha de meias e sabonetes para os cerca de 500 reclusos dos Estabelecimentos Prisionais de Bragança e de Izeda.

Esta campanha anual procura levar a boa nova do nascimento de Cristo aos Estabelecimentos Prisionais. Além dos donativos que serão entregues às pessoas privadas de liberdade como presentes de Natal, procuramos sobretudo sensibilizar a sociedade para esta realidade oculta à maioria da população”, salienta o responsável da Pastoral Penitenciária, argumentando que é “necessário apelar à responsabilidade comunitária”. Nas palavras de Rui Magalhães, “a caridade deve estar presente nas iniciativas de qualquer expressão comunitária cristã”.

De resto, todas as Unidades Pastorais, paróquias, Instituições Particulares de Solidariedade Social e estabelecimentos de ensino são convidadas a aderir à campanha, sendo que, este ano, o desafio da Pastoral Penitenciária é lançado a Bragança, mais precisamente às paróquias da Unidade Pastoral Senhora das Graças e Santuário de Nossa Senhora das Graças, ao Grupo Cáritas de Argozelo, no concelho de Vimioso, ao Grupo Cáritas de Torre de Moncorvo e ao Grupo Cáritas de Torre de Dona Chama, no concelho de Mirandela.

Quaisquer interessados em colaborar com esta iniciativa solidária poderão e deverão doar os bens nos templos religiosos e grupos organizados mencionados no parágrafo anterior.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.
The website encountered an unexpected error. Please try again later.