Camisola do FC Porto assinada pelos jogadores a leilão em prol dos animais salvos por Margarida

Uma camisola do Futebol Clube do Porto, assinada pelos jogadores da equipa principal, encontra-se, neste momento, em leilão com o preço base de licitação de 250 euros.

O dinheiro conseguido através da venda da peça do equipamento de uma das melhores equipas nacionais de futebol reverterá, na sua totalidade, para ajudar os cães que Margarida Ferreira retira da rua, salvando-os, assim, de um, quase certo, triste fim.

A Kapital do NordestE falou com a própria, que explicou que a oportunidade surgiu através de um familiar seu que é tio do atleta que tornou tudo possível. “A camisola é do guarda-redes Diogo Costa e foi ele que pediu aos restantes jogadores do Porto para assinarem a camisola”, explica Margarida, que não é nenhuma desconhecida no seio da sua comunidade, por tudo o que tem feito pelo “melhor amigo do homem”.

Apesar de lá em casa, a equipa de eleição não passar pelo azul da Invicta, mas sim pelo encarnado do seu maior rival, certo é que isso não trouxe quaisquer problemas a Margarida. “O que está em causa são os animais e o fim que a que se destina, portanto, uma coisa não tem nada a ver com a outra, aliás, quando falaram comigo, a pessoa sabia que eu era do Benfica, mas não se misturam alhos com bugalhos”, refere Margarida, em tom de brincadeira.

FCP

De salientar que, atualmente, Margarida tem ao seu cuidado 35 animais. No entanto, garante, que isso não interfere, nem com a sua vida pessoal, nem com a sua vida profissional. “Isto está controlado, têm um bom terreno onde podem correr, são 4 mil metros quadrados, está vedado, solto-os de manhã, à tarde e à noite, ficam lá o tempo que querem e vão para o canil quando lhes apetecer”, sustenta.

Com o problema da ração mais ou menos controlado, até porque várias pessoas doam parte da comida necessária aos cães, a questão que mais preocupa Margarida prende-se com os tratamentos inerentes ao veterinário, pois com tantos animais envolvidos a conta mensal é tudo menos económica. “O problema é todos os anos terem que se vacinar os cães duas vezes, em setembro e entre março e abril, e depois quando algum adoece, isso é o mais complicado”, reconhece, acrescentando “que darem-me alguma ração sempre ajuda”.

Após a concretização da venda, seguir-se-á o leilão de uma camisola do Sport Lisboa e Benfica, no qual o jogador transmontano do Benfica, Luís Miguel Fernandes, mais conhecido por Pizzi, está envolvido como o responsável por doar a camisola do seu clube assinada pelos seus colegas, a favor dos animais salvos por Margarida, que já ascendem aos milhares.

Animais

Para licitarem a camisola, agora, do FCP, mais tarde, a do SLB, podem fazê-lo através do perfil de Facebook de Margarida Ferreira: 

https://www.facebook.com/margarida.ferreira.9256?ref=br_rs

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.